Desafio Quero Ser Economista terá premiação de até R$ 1,5 mil
Desafio Quero Ser Economista terá premiação de até R$ 1,5 mil - Corecon/SC

Começa segunda-feira, 13, o Desafio Quero Ser Economista 2019, uma competição on-line sobre temas econômicos disputada entre estudantes de Ensino Médio de todo o país. O campeão da última edição, encerrada em 30 de novembro do ano passado, foi o catarinense Pedro Kurth, aluno do campus do Instituto Federal Catarinense (IFC), de Rio do Sul. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até segunda-feira pelo site www.desafioquerosereconomista.com.br
Para participar e concorrer aos prêmios é necessário se inscrever no prazo e estar cursando o Ensino Médio. A páginawww.facebook.com/querosereconomista e o perfil @querosereconomista_ (Instagram) servem de apoio ao jogo e oferecem informações sobre as datas e prazos do jogo.
O Desafio é um jogo realizado anualmente pelo Conselho Federal de Economia (Cofecon), com apoio do Conselho Regional de Economia (Corecon-SC), e tem o objetivo de apresentar a área e informar sobre o mercado de trabalho dos profissionais economistas aos estudantes de Ensino Médio. Os três primeiros colocados ganham, respectivamente, R$ 1.500,00, R$ 1.000,00 e R$ 500,00. "Estamos convidando todos os estudantes de Ensino Médio de Santa Catarina a participarem. Além de concorrerem aos prêmios, também conhececerão o mundo da economia e uma alternativa de atuação profissional e participarão de uma disputa muito interessante e divertida", destacou o presidente do Corecon-SC, Paulo Roberto Polli Lobo.
A competição é disputada apenas em ambiente on-line, no site querosereconomista.com.br, onde o participante responde a enigmas, assiste a vídeos interativos e é desafiado a cumprir diversas missões de uma forma divertida, simples e dinâmica. Assim, os competidores têm a oportunidade de conhecer melhor as escolas de pensamento econômico, os economistas históricos e diversos conceitos básicos da Economia.

Catarinense

Participaram da edição do ano passado 689 estudantes, entre eles 57 catarinenses. A disputa começou em 29 de outubro, com desafios de segundas a sextas-feiras na fanpage oficial do evento. A última e mais decisiva tarefa foi a criação de um vídeo de um minuto sobre o que é ser economista. Na etapa anterior, os finalistas tiveram de apresentar um vídeo e colocá-lo para votação pública na fanpage da competição. Ao final da votação pública, os dez competidores com mais pontos – considerando a soma dos pontos ganhos ao longo dos desafios e dos pontos conquistados na votação – se classificam para a etapa final. Publicado em 20 de novembro, o vídeo de Pedro Kurth teve 22 compartilhamentos e 108 reações positivas. Até aquele momento, Pedro estava na 9ª colocação.
Para a última fase, os pontos foram zerados. A Comissão Avaliadora analisou os vídeos dos participantes e definiu os campeões do Desafio de acordo com os seguintes critérios: clareza da exposição, coerência de ideias, criatividade e originalidade do material. Pedro Kurth ganhou R$ 1,5 mil pela vitória no Desafio.