Economistas de SC entre os vencedores do Prêmio Brasil de Economia
Economistas de SC entre os vencedores do Prêmio Brasil de Economia - Corecon/SC

Os economistas catarinenses Jefferson Chaves da Silva e Camila de Almeida Luca conquistaram o 2º lugar respectivamente, nas categorias Estudante e Dissertação de Mestrado do 25º Prêmio Brasil de Economia. O resultado foi divulgado nesta sexta-feira, 4, pelo Conselho Federal de Economia (Cofecon). A premiação dos três primeiros colocados nas cinco categorias de trabalhos ocorrerá no dia 16 de outubro, em Florianópolis, na noite de abertura do 23º Congresso Brasileiro de Economia (CBE).

Jefferson Chaves da Silva receberá Menção Honrosa pela segunda colocação na categoria Estudante pelo trabalho “Pobreza multidimensional nas mesorregiões catarinenses: um estudo a partir da abordagem das necessidades básicas”. Com esta monografia, Jefferson venceu no ano passado o 20º Prêmio Catarinense de Economia, promovido pelo Conselho Regional de Economia (Corecon-SC). Realizado sob orientação da professora orientadora Solange Regina Marin, o estudo foi publicado em 24 de maio de 2018 e desenvolvido por Jefferson como trabalho de conclusão do curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Camila de Almeida Luca receberá Menção Honrosa pelo segundo lugar na categoria Dissertação de Mestrado pelo trabalho “Influência dos fatores socioeconômicos familiares na escolha dos cursos de nível Superior para os ingressos na Udesc em 2018”. Técnica do setor de Gestão de Contratos da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Camila defendeu a dissertação em março deste ano.
Trabalho de conclusão do Mestrado em Economia Aplicada na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) , o trabalho foi orientado por Rosangela Maria Pontili, da Unioeste, e visou identificar e medir o quanto fatores como renda bruta familiar, trabalho e escolaridade dos pais influenciam na escolha pelos cursos de graduação da Udesc. De acordo com a servidora, que é formada em Economia e registrada sob o número 3263 no Corecon-SC, o trabalho conseguiu traçar um perfil socioeconômico dos ingressantes na universidade catarinense em 2018. "Esses dados podem colaborar ao desenvolvimento de projetos de atração e permanência dos alunos na Udesc", comentou Camila.

Confira a lista completa dos vencedores:

Categoria Livro de Economia
1º Lugar (Prêmio de R$ 8.000,00): Economista: Beatriz Macchione Saes – Registro: 34305-SP. Título: “Comércio ecologicamente desigual no século XXI. Evidências a partir da inserção brasileira no mercado internacional de minério de ferro”;
2º Lugar (Menção honrosa): Economista: José da Silveira Filho – Registro: 3991-PR. Título: “As metamorfoses do café. O surgimento da indústria brasileira (1860-1930)”;
3º Lugar (Menção honrosa): Economista: Fernanda Graziella Cardoso – Registro: 32771-SP. Título: “Nove clássicos do desenvolvimento econômico”.

Categoria Tese de Doutorado
1º Lugar (Prêmio de R$ 7.000,00): Economista: Tomás Amaral Torezani – Registro: 8700-RS. Título: “Evolução da produtividade brasileira: mudança estrutural e dinâmica tecnológica em uma abordagem multissetorial”;
2º Lugar (Menção honrosa): Economista: Lucas Milanez de Lima Almeida – Registro: 1621-PB. Título: “A desindustrialização à luz da Teoria Econômica Marxiana: conceitos, definições e um estudo do caso da economia brasileira pós-1990”;
3º Lugar (Menção honrosa): Economista: Autenir Carvalho de Rezende – Registro: 2222-GO. Título: “Capitalismo histórico-espacial no Brasil – Sistemas de circulação, integração nacional e desenvolvimento”.

Categoria Dissertação de Mestrado
1º Lugar (Prêmio de R$ 5.000,00): Economista: Arthur Henrique Santos Bronzim. Registro: 36641-SP. Título: “A eficiência do gasto público como viabilizadora do novo regime fiscal: uma aplicação para as internações do Sistema Único de Saúde no Brasil entre 2008 e 2017”;
2º Lugar (Menção honrosa): Economista: Camila de Almeida Luca – Registro: 3263-SC. Título: “Influência dos fatores socioeconômicos familiares na escolha dos cursos de nível Superior para os ingressos na UDESC em 2018”;
3º Lugar (Menção honrosa): Economista: Alex Rilie Moreira Rodrigues – Registro: 703-RO. Título: “Análise da convergência de renda para os estados e municípios da região Centro-Oeste do Brasil: entre 1999 a 2015”.

Categoria Artigo Técnico ou Científico
1º Lugar (Prêmio de R$ 3.000,00): Economista: Augusta Pelinski Raiher – Registro: 7148-PR. Título: “Condição de pobreza e criminalidade: uma análise espacial entre os municípios do Paraná”;
2º Lugar (Menção honrosa): Economista: Keynis Cândido de Souto – Registro: 5191-PE e Economista: Marco Flávio da Cunha Resende – Registro: 4713-MG. Título: “Câmbio real e inovação tecnológica: evidências empíricas”;
3º Lugar (Menção honrosa): Economista: Kalinca Léia Becker – Registro: 7029-RS. Título: “Deficiência, emprego e salário no mercado de trabalho brasileiro”.


Categoria Monografia de Graduação (Estudante)
1º Lugar (Prêmio de R$ 3.000,00): Estudante: Áurea Christina Santos Souza. Título: “Qualidade ambiental das regiões metropolitanas do Nordeste brasileiro: um estudo comparado”. Instituição: Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC;
2º Lugar (Menção honrosa): Estudante: Jefferson Chaves da Silva. Título: “Pobreza multidimensional nas mesorregiões catarinenses: um estudo a partir da abordagem das necessidades básicas”. Instituição: Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC;
3º Lugar (Menção honrosa): Estudante: Ana Clara Ramos Simões. Título: “Pobreza multidimensional em Minas Gerais: uma análise em suas mesorregiões nos anos 2000”. Instituição: Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG.