Núcleo da UFSC lança revista com análise dos efeitos da pandemia na economia de SC
Núcleo da UFSC lança revista com análise dos efeitos da pandemia na economia de SC - Corecon/SC

O Núcleo de Estudos da Economia Catarinense (Necat) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) está lançando a edição nº 18 da Revista Necat, publicação eletrônica semestral do núcleo. O tema da publicação, referente ao segundo semestre de 2020, é “Dossiê 2: Impactos da Covid em Santa Catarina”.

O editor e autor do editorial da revista é o professor e economista Lauro Mattei. “Com a chegada da pandemia provocada pelo novo coronavírus no Brasil, no mês de março de 2020, houve uma redefinição das atividades acadêmicas, sendo que todas as ações na UFSC passaram a ser na forma de ‘trabalho remoto’”, escreve Mattei na abertura do editorial. Desde então, explica ele no texto, o Núcleo de Estudos de Economia Catarinense (Necat/UFSC) vem realizando estudos e debates sobre os impactos da covid-19 na socioeconomia catarinense, seja organizando seminários, elaborando textos  para  discussão  ou  até  mesmo  produzindo  artigos  específicos  sobre determinados  setores  econômicos.

O trabalho tem apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu), que faz a gestão financeira dos recursos. “A Fapeu desempenha um importante papel, tanto no sentido de viabilizar a transferência de recursos da conta única da UFSC para serem utilizadas pelo Necat, como no próprio acompanhamento e suporte às atividades do projeto de estudo que estão em andamento”, destaca o professor Mattei, coordenador do trabalho e do Necat.

Um número especial da Revista Necat  relativo  ao  primeiro  semestre  de  2020 foi denominado  de “Dossiê  2: Impactos  da  Covid-19”  em  Santa  Catarina e apresentava  um  conjunto  de  estudos realizados pelos integrantes da equipe técnica do Núcleo. Tal dossiê teve como objetivo divulgar de  forma  mais  ampla  junto  ao  meio  acadêmico  e  à  sociedade  em  geral  os resultados obtidos pelos estudos até aquele momento.

A atual edição tem 137 páginas e é composta por uma série de artigos originais referentes ao impacto da pandemia na economia catarinense e com temas livres. A íntegra da publicação pode ser acessada clicando AQUI 

O conselho editorial da publicação foi integrado pelos docentes André de Avila Ramos (UFSC); André Modenezi (UFRJ); André Moreira Cunha (UFGRS); Anthony Pereira (Kings College – Reino Unido); Fernando Cézar de Macedo (Unicamp); Fernando A. M. Mattos (UFF); Ivo Marcos Theis (FURB); José Luis Oreiro (UnB); José Rubens Garlipp (IE-UFU); Joshua Farley (Universidade de Vermont - EUA); Lauro Mattei (UFSC); Luiz Fernando Rodrigues de Paula (UFRJ); Maurício Amazonas (UnB); Milko Matijascic (Ipea); Nelson Delgado (UFRJ); Paulo Sergio Fracalanza (Unicamp); Steven Helfand (Universidade da Califórnia - EUA).