O papel da agência de fomento no desenvovimento de Santa Catarina
O papel da agência de fomento no desenvovimento de Santa Catarina - Corecon/SC

O papel do Badesc na economia catarinense, as opções de crédito para empreendedores, alternativas de fomento para os poderes públicos, as políticas de fomento e como e quais os maiores erros dos projetos apresentados ao Badesc foram alguns dos temas abordados na live “Desenvolvimento Regional de Santa Catarina” realizada nesta sexta-feira, 21, à noite pelo Conselho Regional de Economia (Corecon-SC). A transmissão encerrou a série de nove lives promovidas pelo Corecon-SC desde a semana passada em comemoração ao Dia do Economista, celebrado em 13 de agosto.

A live desta sexta-feira teve como convidado o presidente da Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc), Eduardo Machado, e teve mediação do conselheiro do Corecon-SC, Ernani Hudler. Machado possui graduação em Economia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), MBA em Administração Global pela Universidade Independente de Lisboa/UDESC, MBA em Investimentos e Mercado de Capitais pela Fundação Getúlio Vargas e é mestrando no Programa de Pós Graduação em Administração na Universidade do Sul de Santa Catarina Unisul). Foi professor na Unisul, Univali, Uniasselvi e Estácio de Sá.

A live durou pouco mais de uma hora e pode ser conferida na íntegra em https://youtu.be/FRow1NrjZIQ

“Para fechar com chave de ouro os eventos do Mês do Economista do Corecon-SC, nada melhor do que falar em desenvolvimento regional”, definiu o economista Rubens Staloch, integrante das comissões de Educação e de Desenvolvimento e Projeção do Profissional Economista. “Foi uma maratona muito importante que uniu os economista e academias de Santa Catarina e ajudou a impulsionar o profissional de economia de Santa Catarina”, destacou a presidente do Corecon-SC, Ivoneti Ramos, no final da transmissão.

Todas as lives promovidas nas últimas duas semanas estão disponíveis no canal do YouTube do Corecon-SC em https://bit.ly/2XmMxXJ