Semana do Economista com palestras, encontros e público recorde

Para o Conselho Regional de Economia de Santa Catarina (CORECON-SC), o mês de agosto teve um saldo mais que positivo. A avaliação é do presidente da entidade, Paulo Roberto Polli, ja que as programação técnica cultural alusiva ao Dia do Economista, começou ainda em julho e no balanço final, contabilizou um público com participação presencial de quase 500 pessoas.

Com o propósito de conferir mais visibilidade, tanto aos economistas, como nas organizações que representam setores econômicos do Estado, parceiros e entre a sociedade em geral, o CORECON-SC promoveu palestras com nomes de peso da economia nacional e internacional. Em Florianópolis, por exemplo, a palestra foi com o embaixador Rubens Ricúpero, que falou para uma plateia atenta de mais de 100 pessoas sobre economia e política no Brasil.

EM TEMPO REAL

O calendário de eventos também contou com O XX Encontro dos Cursos de Ciências Econômicas (ECCE), que ocorreu no dia  24 de agosto, na Cidade Universidade da Pedra Branca, em Palhoça. O diferencial deste ano é que foi  acompanhado pela Internet , em tempo real. O número de pública alcançado  ainda não foi estimado. Este evento, foi organizado pelo CORECON e direcionado para os coordenadores dos cursos de Ciências Econômicas do Estado, reunidos anualmente para debater os desafios da graduação.

LARGADA

 

A largada para as comemorações foi dada em Blumenau, com a palestra do no dia 21 de julho, em Blumenau, no Vale do Itajaí, com Palestra “Desafios para o desenvolvimento brasileiro”, com  Antônio Corrêa de Lacerda. Após a primeira  palestra, o Departamento de Ciências Econômicas da Furb promoveu um debate com a participação de especialistas, professores e autoridades. Na ocasião, o homenageado foi Celso Mário Zipf pela significativa contribuição ao desenvolvimento regional e ao enobrecimento da classe profissional dos economistas em Santa Catarina. Das mãos do presidente Paulo Roberto Polli Lobo, o ilustre registrado recebeu a placa de Honra ao Mérito. Zipf foi secretário de Estado, diretor do Besc, presidente do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Itajaí, e ocupou vários cargos na Universidade Regional de Blumenau, inclusive o de reitor e vice-presidente do CORECON-SC.

    

A programação voltado aos economistas prosseguiu com palestra, além de Florianópolis,  em Criciúma e Chapecó encerrando no dia 23 de agosto, em Joinville. (Confira os palestrantes e o tema das palstras no site oficial do CORECON-SC (Colocar link do site)

NA MÍDIA

Neste período das atividades festivas alusivas ao Dia do Economista o CORECON-SC  esforçou-se para manter um diálogo aberto e contínuo com a mídia, colaborando com entrevistas e sugerindo matérias oportunas para o segmento.”Tivemos uma presença ativa nas principais discussões sobre o cenário econômico do nosso estado e sobre a formação do profissional do Economista”, destaca o gerente executivo do CORECON-SC, Rodrigo Nivaldo Martins.

PARCEIROS

A programação científica e cultural contará com a parceria da Universidade Regional de Blumenau (Furb), Câmara de Dirigentes Lojistas de Blumenau, FIESC, curso de Economia da UNESC, CIEE-SC e curso de Economia da UNOCHAPECÓ.

PRÊMIO

O ex-presidente do Conselho Regional de Economia (Corecon-SC) economista Nelci Moreira de Barros foi homenageado in memorian, na noite de 10 DE AGOSTO, durante a entrega do do XIX Prêmio Catarinense de Economia 2016. O evento, no auditório da Fiesc, em Florianópolis, encerrou com a palestra do embaixador aposentado Rubens Ricupero “Há salvação para o Brasil?.
 

Data: 04/09/2017