Pegar ou largar: recessão chegando ao fim. Você está preparado ?
Pegar ou largar: recessão chegando ao fim. Você está preparado ? - Corecon/SC

Por Leonardo Alonso Rodrigues
Economista, Palestrante e Consultor Econômico


Sabemos que o Brasil passou pela maior recessão econômica da história de sua existência em termos de queda de atividade econômica. Entre 2014 e 2016 a atividade econômica mensurada pelo Produto Interno Bruto (PIB) acumulou uma queda de 7,2%. Porém, as condições que fizeram o país chegar neste marasmo aos poucos estão se invertendo. No ano de 2017 por exemplo, o PIB chegou a crescer 1% e este ano de 2018 é esperado um crescimento de 2,5%. Ainda é pouco pelo tanto de destruição de emprego e renda ocorrida no Brasil nos anos mais graves da crise, contudo, uma pergunta neste momento de reversão fica – sua empresa está preparada para este novo cenário que está se desenhando ? O que sua empresa está fazendo neste momento para se preparar ?

Antes da crise chegar efetivamente, meados de 2013, ela já estava anunciada, no jargão dos economistas – ela já estava precificada. Contudo, poucas empresas deram atenção a esse fato. Também : com uma economia que estava em pleno emprego, vindo de um grande ciclo de expansão, notícias positivas dos mais diversificados canais de comunicação e com sinais até então sutis de recessão, quem poderia dar fé a estes anúncios de que uma crise estava por vir ?

Pois é, a crise chegou, a crise se instaurou no país, e com grandes altos e baixos estamos saindo dela. Mas como saindo dela ? Estamos com uma das maiores taxas de desemprego, vindo de um grande ciclo de queda, notícias negativas dos mais diversificados canais de comunicação e com sinais até então sutis de recuperação, quem poderá dar fé a estes anúncios de que a retomada do crescimento está por vir ?

Ninguém pode garantir que o cenário econômico melhorará significativamente nos próximos anos, mas uma coisa podemos estabelecer – o país deixou de ter sucessivas quedas em detrimento de sua recuperação, que apesar de lenta, morosa e sútil, já vem de fato ocorrendo. Mas e ai, você e sua empresa estão preparados para o novo cenário que se desenha no Brasil ? Como se comportará o seu setor nos próximos anos ? Quais os determinantes que impactarão os seus negócios ? E quais as decisões que sua empresa têm tomado para tal ?

Essas são questões elementares que qualquer empresário tem de se perguntar todos os dias e é vital que saibam as respostas, ou pelo menos tenham um norte dessas direções. Mas antes de tudo, como fazer para se preparar ?

Definiria no momento atual que são três condições essenciais para preparação de tomada de decisão. A primeira é que antes de qualquer decisão é indispensável estar preparado com informações, análises e estudos que auxiliarão a tomada de decisões. Vivemos na era da informação, portanto, quanto mais preparado o empresário e munido de informações ele estiver mais preparado poderá estar para com a tomada de decisões. Segundo, estar antenado às oportunidades que se abrem, principalmente na crise. Apesar de seus efeitos negativos como um todo para a economia é nela que surgem idéias para vários problemas antes não percebidos e que se forem trabalhados certamente trarão soluções, novos modelos de negócios e nichos não pensados anteriormente. Airbnb e Uber estão ai para nos ensinar esta lição. Por esse motivo, se sugere que haja uma mudança de foco, mudança essa para as oportunidades que se abrem e não apenas se ater aos movimentos negativos da crise. Para finalizar, é a percepção do “timing” da decisão, o que significa dizer que qualquer decisão tomada tem de estar atrelada a um momento mais favorável possível de ser tomada e em que momento adequado ela surtirá os efeitos desejados. O motivo dessa questão levantada é para não frustrar expectativas, haja vista que uma decisão certa num momento errado pode trazer resultados inesperados, assim como uma decisão certa para um momento mais propício poderá surtir efeitos mais satisfatórios e tangíveis em termos de resultados.

Ainda há um grande trabalho a ser feito, mas essas dicas poderão dar o norte de como começar, e ai está preparado ? É pegar ou largar.